Viagem

Colmar, impossível não se apaixonar

Colmar parece tirada de um conto de fadas, onde tudo é lindo, cheio de cores e mágico! Talvez por esse motivo, a Disney tenha se inspirado na cidade (e em outras da Alsácia) para criar a cidadezinha da Bela, da Bela e a Fera (sabia?!). Localizada na região da Alsácia, na França, Colmar é puro encanto e romantismo!

A cidade faz parte da rota do vinho, na Alsácia, e é particularmente famosa por atrair milhares de turistas na época do natal e ter um dos mercados natalinos mais movimentados da Europa (não perca o vídeo do Youtube aqui). No entanto, caso você não tenha a oportunidade de estar na região nessa época do ano, não tem problema. Afinal de contas, é impossível não se apaixonar pelos encantos da cidade, independente do dia, mês, ou estação do ano.

Em 2018, a cidade ficou em terceiro lugar no European Best Destinations, logo após Wroclaw, na Polônia, e Bilbao, na Espanha (tem vídeo sobre Bilbao aqui). Mas o que chama atenção na cidade? Sua arquitetura, seus canais, suas flores (primavera/verão) e muito mais!

Quer uma curiosidade? O artista responsável pela Estátua da Liberdade nasceu em Colmar e lá – no Museu Bartholdi – você pode ver alguns dos seus trabalhos.

E o que não perder? Colmar é pequenininha (apesar de ser a terceira maior cidade da Alsácia – logo após Strasbourg e Mulhouse) e dá tranquilamente para conhecer tudo a pé, pois os principais pontos a visitar se concentram no centro histórico. De qualquer forma, listo aqui os principais bairros/atrações:

  1. Pequena Veneza (bairro): Cercada por canais, essa é a parte da cidade em que você verá lindas casinhas coladas a eles.
  2. Fishmonger’s district (bairro): Ao lado da Pequena Veneza e também cercado por canais, aqui você verá um conjunto de casas coloridas. Era nesse bairro em que que os pescadores e barqueiros de Colmar viviam.
  3. Casa Pfister: Construída em 1537, a casa é um dos lugares mais antigos da cidade. Quando estiver por lá, repare nos vários detalhes: murais que representam cenas bíblicas, sua torre, detalhes em madeira, etc.
  4. Market Hall: Entre a pequena Veneza e o bairro dos pescadores, você verá uma grande estrutura, que abriga um mercado coberto com frutas, pães, queijos e outras guloseimas mais.
  5. Igreja Saint-Martin: Exemplo da arquitetura gótica da Alsácia, essa igreja foi construída entre 1235 e 1365. Apesar de muita gente chamá-la de catedral, Saint Martin é mesmo uma igreja e só permaneceu com o título de catedral durante 10 anos de sua história.
  6. Museu Bartholdi: Essa é a casa onde o escultor Auguste Bartholdi, responsável pela Estátua da Liberdade, nasceu. Ali você vai encontrar móveis, fotografias, desenhos, pinturas e esculturas, é claro. O ingresso para adultos, em 2019, € 6,50 e, como não fui, não posso dizer se vale ou não a pena. Aos que foram, deixem comentário sobre o que acharam!

Há mais para ver e visitar, mas o melhor a fazer em Colmar é simplesmente se perder por suas ruas admirando a beleza do local.

Como chegar?

Indo de trem, Colmar fica há uns 35 minutos de Strasbourg. Caso prefira alugar um carro, em 1 hora, mais ou menos, você chegará na cidade. Caso esteja partindo da Suíça, Colmar fica há 1 hora mais ou menos, da Basileia (de carro ou trem). Inclusive, o aeroporto mais próximo é exatamente o da Basileia.

Principais Eventos

  • Mercado de Natal: Em 2019, o mercado de natal de Colmar já tem data marcada: de 22 Novembro a 29 de Dezembro.

2 Comments

  1. Mariana Bianco

    Lugar incrível que adorei conhecer…ainda mais na época do Natal…realmente imperdível!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*